fbpx
EXAME MEDICO TRABALHISTA BARRA DA TIJUCA RJ

Supermercado aposta na segurança dos funcionários para evitar acidentes

Para evitar que acidentes de trabalho aconteçam, a Rede de Supermercados Comper aposta na segurança dos funcionários com treinamentos e os incentiva a usar equipamentos de proteção individual, entre outras medidas. E essa atenção é bastante difundida neste mês durante a campanha “Abril Verde”, movimento que tem como proposta informar e sensibilizar sobre a importância da prevenção e da redução dos acidentes de trabalho.
Conforme Edvaldo Conceição, técnico em segurança do trabalho do Comper, a formação e o treinamento dos funcionários são feitos na unidade da Brilhante antes de começarem a trabalhar nas 12 lojas em Campo Grande. Segundo ele, o EPI (Equipamento de Proteção Individual), por exemplo, é obrigatório, de acordo com o que determina a NR (Norma Regulamentadora) 12 do Ministério do Trabalho.
Edvaldo ressalta que os funcionários que trabalham repondo materiais usam uniformes, botas antiderrapantes e cintos ergonômicos. Já aos açougueiros é determinado que usem tocas, aventais, botas antiderrapantes, duas luvas (uma de aço que protege a pessoa de cortes e outra por cima para higiene no manuseio das carnes) e japonas térmicas (casacos) para entrarem e saírem das câmaras frias.
Nas padarias e cozinhas, além dos uniformes, tocas, aventais, botas antiderrapantes, luvas normais, é recomendado que os funcionários utilizem luvas térmicas na hora de mexerem nos fornos. Como essas pessoas mexem com perecíveis, participam de cursos específicos.
Os funcionários que são contratados pelo Comper, antes de começarem a trabalhar já fazem o curso de Treinamento de Integração, que os ensina a respeito dos termos e normas para a segurança geral do trabalho, independentemente dos cargos. No curso são abordados conceitos de segurança do trabalho; noções de segurança e prevenção de acidentes; importância do uso de EPI, sua conceituação, assim como tudo relacionado à Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes).
“No treinamento explicamos as regras para segurança do trabalho, os benefícios e a importância desse assunto para cada cargo que será ocupado. É essencial para formação de cada um deles saber disso, pois a rede quer que a cultura da segurança do trabalho esteja na consciência dos funcionários”, destaca Edvaldo. “Nossa preocupação é que o funcionário trabalhe sempre protegido e sem nenhum acidente, queremos o melhor para eles e por isso ensinamos e fiscalizamos tudo sobre segurança do trabalho”, arremata.
Números – O dia 28 de abril é a data escolhida pela OIT (Organização Internacional do Trabalho) para celebrar o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidente de Trabalho.
O Brasil registra anualmente mais de 700 mil acidentes de trabalho, 550 mil deles com CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) registrada. Segundo dados do Ministério da Previdência Social, em 2013 cerca de 271 mil trabalhadores ficaram mais de 15 dias afastados do trabalho em virtude de acidente de trabalho ou doença ocupacional. Há ainda o registro de 14.800 casos de invalidez permanente e 2.800 mortes, todos relacionados a acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais.
Em Mato Grosso do Sul, só no ano passado foram registrados 1.700 acidentes de trabalho com 15 vítimas fatais; a maioria nas áreas de indústria, enfermagem e rural.

Fonte – http://www.msnoticias.com.br

Search

+

Atendimento

)
    is typing...

    Preencha o formulário abaixo para nos enviar uma mensagem.

    Enviar Cancel